Resenha: Por que gritamos golpe?

aniversario (1 of 1)-3

Desenha um quadro da realidade social, política e econômica brasileira atual. Um texto útil para se entender o que está acontecendo e como se posicionar. Uma visão isenta da história depende de uma distância temporal, mas não é difícil notar que ela não irá perdoar o golpe de 2016. Mas e dai? O mal já vai estar feito. Já passou algumas semanas e já perderam a vergonha de mascarar as intensões e uma série de medidas retrógradas em várias frentes já estão sendo anunciadas. Para mim, Dilma tem culpa da situação por não ter sabido negociar e administrar a corrupção e os avanços neoliberais, mas nenhuma razão para um impedimento. Por outro lado, Temer tem sido um ótimo cabo eleitoral para o PT com sua “popularidade” caindo tão rápido quanto sua incapacidade esconder suas verdadeiras intensões. Podemos esperar no curto prazo uma continuidade do ataque às diversidades e minorias, ataque aos direitos trabalhistas, mais manifestações violentas, aumento de impostos, perda de liberdade. Mais do que oportuna, uma leitura necessária.

Por que gritamos Golpe?: Para entender o impeachment e a crise política no Brasil (Coleção Tinta Vermelha)Por que gritamos Golpe?: Para entender o impeachment e a crise política no Brasil by Ivana Jinkings
My rating: 5 of 5 stars

It draws a picture of the current Brazilian social, political and economic status. An useful text to understand what is happening and how to position yourselve. I know thata a clear vision of the history depends on a temporal distance, but it is not difficult to notice that History will not forgive the 2016 coup. But so what? Whay wait, if the harm will already be done. We have already spent a few weeks and they have lost their shame to mask the real intentions and a series of retrogressive measures on several fronts have already been announced. For me, Dilma is to blame about the situation because she failed to negotiate and manage corruption and neoliberal advances, but no reason for an impeachment. On the other hand, Temer has been a great campaigner for the PT with its “popularity” falling as fast as his inability to hide the true intentions of his party. We Brazilians can expect in the short term a continuity of the attacks on the diversity and minorities, attacks on labor rights, more violent demonstrations, tax increases and constant decrease in our liberties. More than timely, this reading is required .

View all my reviews

Comments are closed.