Lutando pelo HU

huusp2017-34

Não há luta mais justa que a luta pela vida. Lutar por um hospital é lutar por preservar a própria vida. É defender um amigo a quem recorremos quando estamos vulneráveis. Que é bom se ter por perto. Onde todos nós somos sempre especiais: rico ou pobre, jovem ou idoso, parvo ou doutor.

Um Hospital Universitário une a esperança da vida com a desejo do saber. Impedir que o HU cumpra seu destino é roubar uma chance à vida, é esquecer o que nos torna humanos, é negar o homo e o sapiens, é crime contra à humanidade e à racionalidade.

Defender o hospital universitário é um ato de amor. É um dever de todos que amam viver: jovem, velho, doente ou são. Uma obrigação de todos que amam amar, seja pai, mãe, filho, irmão, amigo, morador e cidadão.

As fotos da Fatima de Oliveira mostram a luta por dentro. Como parte da população servida pelo HU, retrata os passos da ação popular com uma paixão necessária. Sua fotos que servem de estímulo à luta e de memória deste ato covarde de uma política hipócrita.

Conheça o que acontece com o HU-USP:

O Hospital Universitário da USP sobreviverá ao desmonte”>

Grupo protesta na USP contra condições do Hospital Universitário

Aprovada verba extra para Hospital Universitário da USP

huusp2017-89

huusp2017-61

cole-65

alelsp-42

Comments are closed.